Paul McCartney

Não é que eu seja fã do Paul McCartney, sou discípulo dele. Esse cara mexeu no meu corte de cabelo, nas minhas idéias e no meu coração. Sou um artista por causa dele, do John, do George e do Ringo. Quatro garotos de Liverpool que fizeram uma revolução de costumes e mudaram o mundo. O valor artístico da obra dos Beatles por si só já teria sido o suficiente para entortar o eixo da terra. Criaram uma onda tão extraordinariamente poderosa que chegou até às vitrines da Beiro, a loja de discos de Pelotas, onde Kleiton e eu ficávamos horas hipnotizados por aquele som. O mesmo som que rolava nos toca-discos das festinhas e nos ensinava a dizer pras gurias “I wanna hold your hand”. E nos fazia sonhar em fazer canções onde se pudesse gritar: “I don’t care too much for money, money can’t buy me love”.
Nossa reação imediata foi construir uma guitarra elétrica, já que não tínhamos grana para comprar uma pronta. Na marcenaria do velho Ramil, nosso avô, fizemos uma guitarra cheia de defeitos, mas com a virtude de ser parecida com o baixo Hofner do Paul. Na funilaria da Gal. Osório conseguimos uns pedaços de lata e tentamos, sem sucesso, construir uma bateria. Na estréia da banda, no Clube Caixeiral, tivemos que partir pro improviso. Pery, que guardava 2 baquetas do tempo em que tocava tarol na banda marcial do Colégio Joaquim Caetano, em Jaguarão, pegou 4 cadeiras. Uma ele usou para sentar, as outras, transformou em tambores. Yeah, yeah, yeah. Na nossa imaginação éramos uma espécie de Beatles gaúchos.
Kleiton e eu, até hoje, mantemos a força de duas vozes cantando juntas, marca registrada de Lennon e McCartney. Autorretrato, nosso disco mais recente, tem intencionalmente uma sonoridade dos anos 60. E, detalhe importante, nosso produtor Paul Ralphes - um Paul com cara de John - é um inglês que nasceu perto de Liverpool e entende onde queremos chegar.
Quando me contaram que Paul McCartney iria cantar em Porto Alegre fiquei em êxtase. Tri feliz. Vai ser uma noite histórica pra todos nós gaúchos, pensei. Imagine então a minha emoção ao receber o convite para fazermos o show de abertura. Lembrei da minha infância, do Almôndegas, do Belas Artes, da galera no Beira Rio... Bom demais. Vou pisar no palco do mestre com a reverência de um aluno aplicado que vai à escola para aprender cada vez mais.
Paul em Porto. 4ever. “We hope you will enjoy the show”.

21 comentários:

  1. Ah, que bonito! Merecidíssimo o show de abertura...agora, o mais lindo de tudo é ler as tuas referências aos lugares mágicos de Pelotas, como a Beiro, e perceber o quanto muitos de nós nos sentíamos encantados diante da vitrine. Faz a gente viajar no tempo e pensar nas coisas, lugares e momentos que nunca deixarão de existir no nosso imaginário. Foi assim no dia em que minha mãe chegou em casa com o disco dos Almôndegas!!!
    P.S. Por falar em imaginário...os Almôndegas eram os Beatles gaúchos, sim!
    Beijão, carinho.

    ResponderExcluir
  2. Explodindo de alegria é pouco por saber que irão, diríamos, não abrir, mas ser uma das bandas que irá tocar no Beira Rio dia 7. Quem não tem uma história inesquecível envolvendo os Beatles? A emoção é tanta que nem fico chateada de não estar fisicamente com vocês mas em coração e torcida, estaremos todos. Koskas, colaboradores, admiradores e principalmente amigos. Agora acho que sabem como me senti quando me convidaram para cantar com vocês.

    Beijão,
    Aline Mariano

    ResponderExcluir
  3. Kerido Kledir,
    Também fiquei explodindo de alegria ao saber dessa notícia. É bom que você saiba como é estar com seus ídolos bem de pertinho. Mas pela forma como você e Kleiton nos tratam, vocês realmente sabem como é essa sensação. Aproveite seu dia e curta esse momento inesquecível para todos nós. Vai ser um dia glorioso a galera no Beira Rio, paralelo 30. Bah, Trilegal!!!!!
    Boa sorte, muitos beijos. (Ah se eu tivesse aceito o convite pra entrar pra dupla, onde eu estaria dia 7? rsrsrs)
    Kleide

    ResponderExcluir
  4. É emoção demais... Por vocês realizarem um sonho e por mim por saber que a minha dupla favorita vai muito bem, obrigada!
    Beijos
    Valéria Cavalcante

    ResponderExcluir
  5. Vibrei demais com a notícia, imaginando vcs fazendo um pouco do nosso papel de fãs. Abrindo show para um BEATLE!! Não tem nada maior do que isso. Eu vou ao show de Sampa, fiquei um pouco tristinha porque não vou ter abertura de Kleiton & Kledir... mas feliz por saber que teremos representantes dos Koskas lá no Beira Rio!! \o/

    ResponderExcluir
  6. Kledir. desculpa aí, cara. Mas...
    putz...
    que que eu vou te dizer.
    deixa eu pensar...
    violão e violino pra falar de rock?
    deixa eu pensar mais um pouco...
    não concordo, meu.
    não concordo.
    Mateus - Porto Alegre

    ResponderExcluir
  7. Querido Mateus,

    Que preconceito é esse? Arte é arte em qualquer de suas manifestações. Não sei de onde você tirou esta idéia, mas respeito. Cara, o importante é ser feliz e "vamo que vamo".

    ResponderExcluir
  8. Kledir,
    Puxa !!! Não tem idéia do quanto estou contente com a novidade. Incrível...parece até um sonho e se for, não quero acordar não. Ó, ..."me belisca que eu vou ter um troço"...Quando soube da vinda do Paul McCartney novamente ao Brasil, meu coração quase parou. Digo novamente porque quando ele esteve por aqui em 1993, estive no show. Você não vai acreditar, mas na época eu vivia numa dureza de dar dó. Exercia o cargo de escrivã de polícia (isso antes de ser delegada) e não pude comprar o ingresso. No dia do show eu estava no plantão toda triste e comentei com minha amiga solange sobre isso. Foi falando no assunto que tive a idéia de tentar entrar sem pagar, ou seja, na "carteirada". Sabe o que é isso? Pois é, a gente chega na entrada, diz que é policial, mostra a carteira e conta com a sorte. A Solange me falou "Marcinha, sua maluca, nem tenta, vai ter muita gente, você vai passar vergonha e depois, como é que vai fazer pra ir pra casa? vai acabar tendo que dormir na rua...". Mesmo assim, decidi ir sozinha, pois ela não quis me acompanhar nessa maluquice. Fui !!! ônibus, metrô, caminhada do metrô até o Estádio do Pacaembu. Chegando lá, era uma multidão que parecia um formigueiro. Fui entrando, passando pelas pessoas e cheguei na portaria. Chamei o responsável pela segurança, identifiquei-me e ele tranquilamente abriu uma portinha lateral e eu entrei. Simples assim ! Assisti ao show inteiro. Gritei, cantei, dancei...chorei. Lembro dos mínimos detalhes. Quando o o show terminou, eu estava feliz da vida. Até aí, já havia feito amizades e o Fábio me levou pra casa. Somos amigos até hoje. Muita sorte, né? Na verdade, tal episódio serviu para firmar a idéia que sempre existiu em mim. Quase tudo depende de nós, de nosso otimismo, força de vontade, querer de verdade, acreditar, sintonizar as energias e buscar. Se não der certo, tudo bem. O importante é tentar, haja vista a história de vocês. Estou muito orgulhosa de Kleiton e Kledir.

    Beijos,

    Marcinha

    ResponderExcluir
  9. Fiquei muito contente com a notícia,apenas triste porque não estarei lá.Quando li a notícia a primeira coisa que pensei foi: se eu soubesse teria comprado ingresso.
    Que maravilha,vocês lá
    ,no mesmo palco que o Paul!
    E o Kleiton que não me ouça,mas no Beira Rio é perfeito demais.
    Parabéns,vocês merecem.
    Bjos.
    Rose Onofre

    ResponderExcluir
  10. Kledir.

    Se vc me queria fazer chorar de emoção conseguiu. Não é a primeira vez, mas dessa vez você exgerou!!!rsrs!

    Obrigada por ser Kledir...

    Beijo
    Rose de Sampa

    PS: Tenho observado o poder das palavras destrutivas. São tão fortes que nem precisa usar muitas. Mas os sentimentos positivos e construtivos SEMPRE acompanham vocês e os fãs se sentem teus amigos, irmãos, parceiros.

    ResponderExcluir
  11. Pessoal,

    Espero que dê certo, mas vejam este filminho. Tenham paciência para abrí-lo. Se não der para clicar, copie e cole na barra de navegação. É incrível. É assim que vejo nossos amigos neste momento. Beijos a todos,

    http://en.tackfilm2.se/?id=1288622638438ID143

    ResponderExcluir
  12. Querido amigo, adorei teu texto, e estou eufórica de alegria com essa notícia maravilhosa! Vocês merecem demais e quero saber de todos os detalhes na volta. Beijos

    ResponderExcluir
  13. Klediiir! Nossa, realmente fiquei muito contente quando fiquei sabendo. Eu queria poder ir, mas o ENEM é na mesma data, que saco! E já mandei minha amiga que estará lá aproveitar muito este momento lindo, vendo KK e Paul, pra que melhor?
    Tudo de bom pra ti e pro teu irmão!
    Abração, Thereza

    ResponderExcluir
  14. 3 coisas :
    1 parabéns aí
    2 como diz o cara do bairrista: confirmado, o tal Paul vai fechar o grande show de kleiton e kledir
    3 frase do guarda do beira rio: é tao bom ser colorado que até os the beatle vem tocar aqui!!!

    ResponderExcluir
  15. Kledir,

    Estou muito surpresa com a notícia do canceladmento da abertura por vcs, em POA, no show do Paul McCartney!!!
    O que será que houve?
    Será que não foi "coisa" do próprio Paul, não?
    Porque a fama dele de ser muito estrela, exigente, cheio de manias até(que não é pequena...) me leva a crer nisso.
    Não me interpretem mal e longe de mim fazer qualquer pré-julgamento, mas em se tratando de Paul McCartney...sei não...com certeza ele nunca foi o mais simpático dos Beatles, mas o menos (no meu modo de ver), daí...

    Espero que vcs superem logo tal decepção, pois acredito não estar sendo nada fácil para K&K digerir o cancelamento depois de tanta euforia com o convite para fazerem a abertura...

    Bola prá frente e prá cima!
    Tenham, na medida do possível um belo domingo.

    E viva o INTER!!!
    Bjs,
    celeste
    CELESTE.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Mas bah Kledir!

    Quem é mesmo esse tal de PAUL????

    Abraços saudosos da Boca do Monte

    Gisele e Maninho

    ResponderExcluir
  18. E ai Kledir, como foi a participação do Paul no show da dupla? Capaz que foi melhor que a de vocês...rs!! beijo

    ResponderExcluir
  19. fiquei super triste de saber que vcs não iriam abrir o show do paul, vim de Toledo Paraná esperando muito poder ver vcs tocando e ainda eles fazerem uma abertura daquelas, mas fazer o que não é mesmo? Bola pra frente!
    vocês são DEMAAAAAAIS

    ResponderExcluir